Home » Vida Cristã » Fundamentos da fé cristã
4 minutos de leitura

Fundamentos da fé cristã

Introdução

No espaço teológico que me dedico, mergulho profundamente nas doutrinas primordiais da Teologia Sistemática, ancoradas na monumental Dogmática Reformada de Herman Bavinck. Esta jornada é uma exploração detalhada e reflexiva dos alicerces que sustentam a fé cristã, sempre guiada por um viés acadêmico e erudito. Cada artigo publicado neste livro representa não somente uma análise meticulosa dessas doutrinas sob um escrutínio teológico rigoroso, mas também é um esforço para situá-las em diálogo com as questões contemporâneas e os desafios existenciais. Este espaço se transforma em um convite à erudição e ao aprofundamento de tais questões, visto que a teologia se entrelaça com a vida, convidando-nos a uma trajetória de descobertas e reflexões que enriquecem não apenas o intelecto, mas também a fé e a existência humana.

Doutrina de Deus

A primeira e fundamental doutrina da Teologia Sistemática é a Doutrina de Deus, conhecida também como Teologia Própria ou Teologia Teísta. Neste campo vasto, investigamos minuciosamente a natureza, os atributos e a relação do Ser Supremo com a criação. Nossa investigação está firmemente enraizada na Escritura, que nos serve como modelo nesse entendimento profundo. As Escrituras apresentam a natureza de Deus de forma anterior e mais explícita do que sua existência trinitária. Os nomes YHWH e Elohim antecedem os de Pai, Filho e Espírito, sendo que o primeiro ensinamento transmitido pelas Escrituras sobre Deus dispõe a sua existência livre, independente e de vida própria, distinta de todas as criaturas. Ele é identificado por nomes próprios, designações que não pertencem a qualquer criatura, sendo o nome YHWH supremo (Êxodo 3.14-15). Ele é autossuficiente, existindo antes de todas as coisas e sendo a fonte única da existência (Salmos 90.2; 1 Coríntios 8.6; Apocalipse 4.11).

Doutrina de Cristo

A Cristologia é a segunda doutrina que exploramos, focalizando a pessoa e a obra de Jesus Cristo. Esta abordagem compreende sua natureza divina e humana, sua encarnação, ministério terreno, redenção por sua morte e ressurreição, bem como seu papel como mediador entre Deus e os humanos. Durante sua vida terrena, Cristo possuía conhecimento celestial e a visão de Deus, não avançando pela fé, mas pela visão direta. Todos os dons possíveis à natureza humana de Cristo foram concedidos instantaneamente em sua encarnação, embora permanecesse finita e limitada, compartilhando fraquezas e emoções humanas.

Doutrina do Espírito Santo

A terceira doutrina, a Pneumatologia, examina o Espírito Santo, a terceira pessoa da Trindade. Analisamos sua natureza, obra e influência na vida da igreja e dos crentes. A personalidade do Espírito Santo torna-se clara especialmente no Novo Testamento, pois é visto como uma pessoa com capacidades pessoais de pesquisa, julgamento, audição e fala. Ele coexiste e coopera com o Pai e o Filho, sendo, portanto, inquestionavelmente Deus.

Doutrina do Homem e do Pecado

A Antropologia Teológica investiga a natureza humana após a queda, enfocando a necessidade de redenção após a desobediência de Adão. A condição pecaminosa e mortal da humanidade é consequência dessa desobediência, e a obediência de Cristo transmite justiça e vida.

Doutrina da Salvação

A Soteriologia explora a salvação provida por Deus, especialmente a graça como elemento central na aliança de Cristo e sua aplicação pelo Espírito Santo. A graça inclui benefícios espirituais e físicos vistos em várias passagens bíblicas, sendo comunicados subjetivamente pelo Espírito Santo aos seres humanos, bem como relacionados à sua salvação.

Doutrina das Escrituras

A Doutrina das Escrituras, ou Teologia Bíblica, examina a autoridade, a inspiração, a inerrância e a suficiência das Escrituras Sagradas, além de sua interpretação correta e aplicação na vida cristã.

Calvino, em seu comentário sobre 2 Timóteo 3.16, equiparou a reverência devida às Escrituras com a reverência devida a Deus. Até o século dezoito, essa autoridade das Escrituras foi firmemente estabelecida em todas as igrejas e entre todos os seguidores do cristianismo.

Doutrina da Igreja

A Eclesiologia estuda a natureza, o propósito e a função da igreja na comunidade e na proclamação do Evangelho. A religião, intrinsecamente ligada à nossa natureza, influencia nossa interação com outros seres e busca aceitação e expansão.

Doutrina das Últimas Coisas

A Escatologia investiga eventos finais como a morte, o juízo final, a ressurreição, o céu, o inferno e o estabelecimento do reino de Deus. Essas áreas formam o núcleo da Teologia Sistemática, cada qual contribui com aspectos essenciais para a compreensão abrangente e profunda da fé cristã. A jornada através dessas doutrinas não apenas enriquece a compreensão teológica, mas também traz uma nova perspectiva sobre a vida e a fé.

Dica de leitura:

https://www.livrariasfamiliacrista.com.br/fundamentos-da-fe-crist.html

Escrito por: Kennedy Carvalho

Revisado por: Bárbara Ondei

4.5/5 - Total de Avaliações: 13
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x