Filósofos Cristãos: conheça Tomás de Aquino!

thomas de Aquino

Direto da Idade Média, época de terror, com torturas, perseguições e até morte, São Tomás de Aquino foi um teólogo muito relevante para nossa sociedade.

Defensor da filosofia escolástica, São Tomás teve inspiração nas ideias de Aristóteles e influenciou bastante na filosofia. Mesmo tido como filósofo, ele não se considerava uml, pois via a filosofia como pagã.

Tomás é italiano, nascido no ano de 1225, em Aquino. Ao querer se juntar à Ordem dos Dominicanos, a família o prendeu em casa e sua fuga só ocorreu em 1244, com a ajuda da mãe.

Foi enviado para a Universidade de Paris em 1245, onde estudou artes e sempre se destacou como excelente estudante e professor. Mas foi na Alemanha, em Colônia, que escreveu suas primeiras obras, como discípulo do bispo São Alberto Magno.

Depois disso, retornou a Paris e se formou em teologia, firmando-se como professor, pregador e teólogo papal, visto pela maioria das pessoas como um homem dedicado a fé, a esperança e a caridade.

Suas influências na filosofia e no cristianismo

thomas de aquino

Como já dissemos, ainda que não se considerasse um filósofo, as obras de Tomás de Aquino tiveram forte influência sobre a filosofia ocidental, trazendo uma nova maneira de pensar na fé e na razão.

Além disso, também influenciou a política. Como Aristóteles, via o homem como um animal social e político, entendendo que a família era a primeira associação e o Estado deveria ampliar e continuá-la.

Com essas primícias, Tomás dividiu as leis em:

  • Lei natural – com a ideia de preservar a vida.
  • Lei positiva – estabelecida pelo homem que visa preservar a sociedade
  • Lei divina – que leva o homem para a vida cristã e que o guia para as outras leis.

Para o teólogo, as principais primícias da ciência era a escritura sagrada e as tradições da igreja, tendo a fé e a razão como ferramentas principais para compreender os ensinamentos teológicos.

Suas doutrinas

Thomas de Aquino

Para ele, a razão é por si mesma, ainda que ligada a fé. Seu pensamento era que o conhecimento não dependia da verdade divina ou da fé, mas era um instrumento para se achegar a Deus, possível de alcançar tanto pela razão como pela fé.

E a fé só era atingida através da intervenção divina, chamada de “verdades da fé”. Por isso, segundo o teólogo, fé e razão são como rios que desembocam no mesmo oceano.

Tomás entendia que cada pessoa tinha uma essência esperando para ser transformada pelo conhecimento, sendo desenvolvida pela razão e prudência. Vendo por esse lado, tem-se o caminho para a felicidade e para a conduta correta.

Além da ideia da razão versus fé, São Tomás usou muito da física e metafísica para provar a existência de Deus em sua principal obra “Suma Teológica“. Falaremos mais sobre isso a seguir…

Sua obra mais importante

Thomas de Aquino

Quando falamos no grande filósofo Tomás, não podemos deixar de mencionar um de seus maiores títulos “Summa Theologica”, grande exemplo de escolástica.

A obra apresenta as ideias do teólogo, que são as relações entre a ciência, filosofia, fé, razão e teologia. Em português, Aquino explica que a razão ordena o mundo para que nós o entendamos, mas é a fé e a ação divina que está ligada a tudo.

A obra também trata da existência de Deus, mostrando-a por meio da física e metafísica, carregando argumentos nas páginas que apresentam um Deus real a partir de Aristóteles, que possuía ideias fortes que impactavam a mente das pessoas.

O teólogo baseia o livro em 5 argumentos:

  1. Na ideia de Aristóteles de que o que move é movido por algo, trazendo assim, o conceito de que o mundo precisa de um “primeiro motor”, em que Tomás considera esse motor como o próprio Deus.
  2. O filósofo de Aquino diz que se continuarmos nos questionando, perguntando para todos os fenômenos as suas causas, em algum momento chegaremos a Deus.
  3. Fala também que tudo na natureza vai acabar, mas, ao levar em conta a noção de necessidade e contingência trabalhada por Aristóteles, é importante que exista algo perene, que seria Deus.
  4. De acordo com a metafísica, tudo possui qualidades, precisamos ter um parâmetro de perfeição para saber distinguir o que é bom ou não. Para isso, Tomás mostra Deus como a perfeição no maior grau.
  5. Lembrando que todo o universo vai chegar em um único fim, existe um mesmo propósito e mesma finalidade para toda a criação. A finalidade e a causa se resume em Deus.

Todas essas ideias é de apenas um livro! Além desse, Tomás teve mais algumas obras incríveis que você não pode perder, como:

Scriptum super sententiis;

  • Quaestiones disputatae
  • Summa contra gentiles
  • In Boethium
  • Catena Aurea
  • etc

E aí, gostou de conhecer um pouco mais de Aquino? Se ainda está curioso sobre esse grande filósofo cristão, tire suas dúvidas no livro Filosofia para Iniciantes que está disponível na Livrarias Família Cristã. Aconpanhe nosso blog e confira outros filósofos ou teólogos como Santo Agostinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *