Alvin Plantinga, o filósofo cristão contemporâneo

Alvin Platinga filósofo contemporâneo

Depois de falarmos de alguns filósofos influentes na sociedade, não podíamos deixar de olhar para nossa contemporaneidade e mencionar Alvin Plantinga, o famoso filósofo que trouxe questões muito discutidas há séculos do cristianismo.

A fé racional, o problema do mal e a eterna discórdia entre religião e naturalismo envolvendo a ciência são alguns dos assuntos explanados por Plantinga em seus livros, mostrando novas maneiras de explicar diversas dúvidas de teístas e ateistas sobre a fé cristã.

Antes de tratarmos acerca de suas ideias e obras, que tal conhecermos um pouco mais dele?

Quem é Alvin Plantinga?

Alvin Platinga

Alvin Carl Plantinga, visto como principal filósofo cristão no meio acadêmico, nasceu em novembro de 1932, em Ann Arbor, Michigan.

Recebeu grande influência do filósofo cristão William Harry Jellema no Calvin College, em 1951, estudou na Universidade de Michigan até 1955, fez doutorado em Yale e foi professor, primeiramente, em Wayne e, depois, no Calvin College por mais de 20 anos.

Participante da cadeira John A. O’Brien de filosofia na Universidade de Notre Dame, Alvin já foi vice-presidente da American Philosophical Association e presidente da Society of Christian Philosophers.

Cristão e professor do calvinismo, seus interesses em filosofia da religião eram focados no tema clássico da fé e da razão, com o intuito de alcançar uma epistemologia concreta do teísmo, afirmando que existe um Deus pessoal que criou o universo e é onisciente, onipotente, onipresente e infinitamente bom.

Ideias e obras de Alvin Plantinga

Ao falar de Plantinga, devemos saber que seus trabalhos mais importantes falam da epistemologia em geral e da religião cristã. Ele critica o fundacionalismo clássico e defende a racionalidade da fé em Cristo de forma impressionante.

E não foram poucos livros que ele escreveu não! Alvin Plantinga produziu vários livros e artigos com suas teses de epistemologia, metafísica e filosofia da religião que são influentes até hoje e debatidas entre filósofos mundialmente.

Pensando nessa influência que Alvin apresenta no meio acadêmico e cristão, trouxemos um pouco das suas ideias principais. Veja:

  • Naturalismo x Teísmo: onde encaixa a evolução?

Naturalismo x teismo

Plantinga nos mostra que o evolucionismo tem muito mais ligação com o teísmo do que o naturalismo filosófico. O filósofo usa meios para explicar o quanto as ideias não casam em sua obra “Ciência, Religião e Naturalismo”.

Esses e outros conceitos o deu o título de principal filósofo evangélico contemporâneo.

Separamos um vídeo feito pela Editora Vida Nova, super didático, em relação ao livro “Ciência, Religião e Naturalismo”  para te ajudar a entender de maneira mais prática e visual o que o autor quis dizer.

  • Crença em Deus como “Básica” e racional

Alvin afirma que a crença em Deus não precisa de um fundamento ou outra crença para que tenha valor epistêmico, ela é “básica” (básica em um sentido adequado ao conhecimento, vinda através da “percepção” e “memória”).

Em seguida, ele vê a necessidade de desenvolver o conceito de “função própria” (proper function) de uma fonte cognitiva humana, uma típica condição para que crenças reais sejam geradas como o resultado esperado daquelas mesmas fontes de crença.

Mais a frente, Plantinga publicou seus dois primeiros livros sobre “aval epistêmico” (warrant): Warrant: the Current Debate e Warrant and Proper Function, que, com certeza, foram seus principais trabalhos.

Outros títulos, como Crença Cristã Avalizada, também falam desse assunto. A Editora fez diversos vídeos que podem te ajudar a compreender melhor. Eles tratam sobre a fé racional, Deus e outras mentes e epistemologia reformada.

Dá uma conferida:

  • O problema do mal mesmo com um Deus bom

livros alvin platinga

O filósofo também criou argumentos sobre o tal “problema do mal” que todos já ouvimos falar, principalmente por pessoas que questionam “como existe Deus se existe o mal?”

Nisso, ele buscou defender a verdade e a racionalidade da crença teísta por meio da obra “Deus, a Liberdade e o Mal” (1974), a primeira publicada no Brasil.

Com o auxílio da lógica modal contemporânea e da semântica dos mundos possíveis, ele refuta a contrariedade da existência de Deus e diz o contrário, defendendo a vontade livre e mostrando que a existência é compatível com o mal no mundo.

Que tal um vídeo do canal Logos Apologética para deixar claro a ideia principal do autor? Confira.

Essas foram algumas ideias que Alvin Plantinga trouxe para nós e que influenciam no meio cristão, sanando muitas dúvidas de não cristãos. E tem tantos outros livros super relevantes para nossa vida com Deus… Vale a pena conhecer!

Não deixe de ler e entender melhor sobre esse filósofo que tem contribuído não só para o cristianismo contemporâneo, mas para toda a filosofia. Na Livrarias Família Cristã você encontra todas as obras que citamos aqui para atualizar sua biblioteca. Confira!

Gostou desse post? Acompanhe nosso blog e veja outras dicas da Familia Cristã, confira também outros filósofos cirstãos como Santo Agostinho entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *