5 motivos para levar as crianças na EBD semanalmente

Porque levar seus filhos na escola bíblica dominical.

Jesus foi o maior pedagogo de todos os tempos! Ele nos deixou uma metodologia antiga de ensino que ainda é usada e que nunca vai sair de tendência: o amor. Em diversas passagens bíblicas, como no livro de Mateus, Jesus Cristo ressalta a importância da perpetuação dos ensinamentos da Palavra para os cristãos e, principalmente, para as crianças.

No entanto, ao passar o conteúdo bíblico para as crianças precisamos estar atentos: esse é um movimento diferente do feito para os adultos!

A Escola Bíblica Dominical foi pensada por Robert Raikes, em 1790, na cidade de Gloucester, na Inglaterra. Lugar e época em que as crianças de classes abastadas não tinham acesso à escola. Elas passavam a semana nas fábricas, trabalhando com os pais e, nos domingos, tinham o dia livre para brincar – inclusive de baixo da janela de Raikes.

Raikes era um estudioso do sistema carcerário e defendia a necessidade de recuperar os presos por meio do estudo.  Em um domingo, estava tentando se concentrar, se irritou com as crianças gritando e correndo pelas ruas e se questionou: por que não oportunizar o estudo cristão para elas também? E o resto é história…

Na atualidade, frequentar as igrejas, nos domingos de manhã, é uma oportunidade de evolução para os pequenos que deve ser aproveitada. Afinal, são momentos únicos, feitos exclusivamente para que no futuro eles sejam capazes de responder pela fé, às contradições do mundo que os espera.

Neste post, vamos discutir sobre como a EBD é importante para a construção dos alicerces de um pequenino cristão.

 

5 Lições que as crianças só aprendem com a Escola Dominical.

Os conhecimentos que se aprendem na igreja fazem a diferença na vida da criança e do discípulo! Uma EBD – Escola Bíblica Dominical, é o lugar apropriado para que pessoas capacitadas possam por em prática a função de ensinar algumas lições que veremos a seguir:

  1. O estudo das Escrituras auxilia nossas crianças a conhecerem profundamente a Palavra.

Existem provas de seleção para cargos importantes em empresas e pós-graduações que pedem para que o candidato explique um conceito abstrato, como se estivesse explicando para uma criança.

Isso quer dizer: explicar, contar histórias e ensinar o que está na Bíblia – texto bastante complexo – com uma linguagem direcionada para o público infantil, que está em formação, não é tarefa para todos: competências de habilidades são necessárias.

Então, ler a Bíblia Infantil para os filhos em casa é importante, mas, na Escola Dominical, existirão profissionais que dialogam com a realidade da criança.

  1. Com a metodologia certa, as crianças conseguem manusear melhor o Livro Sagrado.

Essa é outra questão importante ensinada nos encontros de domingo: saber manusear a Bíblia. Como ela se divide, quais são seus livros, de que forma ela foi elaborada, qual a temática de cada livro, entre outras noções.

  1. Sensação de pertencimento: a igreja cristã é uma família!

Um dos sentimentos que mais assolam as crianças é a sensação de não enraizamento. Isto é: de “não pertencer”, ou de estar “nesse mundo” sozinho. Por mais que os pais estejam sempre presentes, a vida social de uma criança passará a se abrir em pouco tempo. Depois da família, a sociedade como um todo é o que ela vai encontrar.

Portanto, essa é uma lição muito importante que o pequeno leva da Escola Dominical: “eu pertenço a esse grupo”.

  1. Na Escola Bíblica cria-se vínculos.

Além da sensação de pertencimento, as crianças têm a oportunidade de crescer cercadas de pessoas e histórias que parecem com as delas. Esse processo pode resultar em amizades verdadeiras e vínculos profundos.

  1. A EBD mostra que existe um tempo para tudo!

Para ensinar as Escrituras para as crianças, é preciso dispor de alguns requisitos: além de ter pessoas preparadas, cursadas, treinadas, formadas e atualizadas, um bom material didático é fundamental.

As obras didáticas, como livros e revistas, são elaboradas e editadas com orientação pedagógica e com conteúdos direcionados e divididos por turmas, pelo tempo de aula e pelas faixas etárias – Berçário, Maternal, Jardim de Infância, Primário, Infantil, Junior, Pré-adolescente, Adolescente, Juvenil.

Essa divisão que ocorre na Escola Dominical é voltada para o tempo. O tempo destinado para aprender cada coisa faz com que os alunos aproveitem ao máximo e consigam aprender da melhor forma possível.

E então, já está convencido de que levar as crianças todos os domingos na igreja para iniciar, ou dar continuidade em sua educação religiosa é importante? Para promover a integração entre Igreja, família e crianças, todos os membros da família devem estar na Igreja! O culto infantil é tão importante quanto o culto no templo.

Quer saber mais sobre Educação Cristã? Continue sua leitura em nosso blog, existe um conteúdo especial voltado para esse tema. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *